31 julho 2014

A viagem e a saudade...

Posso dizer que serão as palavras mais difíceis de escrever, nesse post de hoje no blog...


Estou indo viajar dia 6 de agosto, viajando a trabalho, todos me perguntam: '' vai levar o bebê né?'' infelizmente não. Não que eu não quisesse, é por que não dá mesmo. ''volta quando ?" não sei dizer isso agora, preciso me programar, saber como vai ser e tudo mais, no momento minha preocupação é como irei manter o contato com o meu filho, longe... 

Eu não estou muito bem, por fora estou ótima, trabalho com crianças, tenho que separar sentimentos do trabalho, isso ajuda muito, me distraiu, ajuda a estar com a cabeça sempre ocupada. Eu não gosto de falar no assunto, mais as pessoas que falam comigo perguntam, me fazem lembrar, quero me sustentar até lá, até o dia em que eu irei lá me despedir do meu filho, não vai ser nada fácil, e sei que não irei conseguir segurar as lagrimas, já é difícil hoje falar disso...
Eu farei de tudo para voltar para vê-lo, manter nosso amor de mãe e filho, para ele ir passar as férias com a mamãe, levar ele para conhecer outras coisas, se divertir... e lembra-lo a todo momento o quanto lhe amo, que cada momento daqui pra frente vai ser especial. 
Já vai entrar na escolinha, queria muito, não sabe o quanto queria participar e registrar esse primeiro momento... mais terei a oportunidade de ver o desenvolvimento da fala dele, sempre que ligar o skype com o filhão *_____*.

Como eu me conheço, sei que os primeiros dias, irão ser difíceis, já estávamos acostumados com aquela rotina  de dia sim, dia não nos vermos, tanto você quanto eu irei sentir falta, irei chamar por você, noites que irei chegar e sentir tua falta, que irei pensar em você e chorar... pedir a Deus que me dê forças, para suportar a saudade. 

Me perguntam: "ha marlla, por que vc ta fazendo isso?",  ''não é melhor ficar aqui com seu filho?"  - Sim, seria muito melhor ficar aqui com meu filho, Saulinho é minha responsabilidade também, não estou deixando ele assim, dando de 'bandeja' para o ''pai'', para os avós paternos, sabias palavras do meu pai: "seria egoismo seu, achar que nós o amamos mais que eles." do mesmo que eu só quero o bem pro meu filho eu sei que eles também, mais eu não entedia isso, afinal eu só sabia que eles queria tirar a guarda de mim, não tem como achar que isso é pro bem do meu filho, por que na verdade não é.
Eu também preciso encontrar outros meios de crescer, tô indo viajar a trabalho, irei dar todo mês quantia X para ele, para o que ele precisar, ele nunca estará sozinho, estarei aqui sempre pro que ele precisar, pra quando ele quiser ficar com a mamãe, vamos se programar e vamos ficar juntos... sempre vai ter um lugar pra você com a mamãe, não importa onde seja, vou tornar todo o tempo perdido nós melhores.
Mais não vai demorar para nos vermos, se hoje eu faço isso, Deus ta me dando forças para isso, no futuro vai compensar... 
Eu te amo meu amor, meu filho do coração s2.


 Nunca perca esse sorriso lindo filho, e o brilho dos teus olhos !

amo te admirar....

PRESENTE DE MÃE

amo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário